quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O LENHADOR - Poesia de Otávio Reichert

O LENHADOR

Eu quero vencer na vida
um ditado de coragem
assim conto uma passagem
para os tantos vencedores!
Na terra dos madeireiros
o troféu dos lenhadores;
disputado ano a ano
seu Naldo sempre vencendo
disputa foi se perdendo
por não ter opositores!

Solteiro e respeitado
por aquelas redondezas
um coração de grandezas
adotou filho menino!
Orgulho de veterano
pai e moço libertino;
lascando paus-de-jangada
cabriúvas e canelas
replantando algumas delas
dia a dia fez ensino!

Empoeirado pelos anos
o troféu do lenhador
atiçou num sonhador
idéias mal concebidas!
A força da juventude
desafiava sua guarida;
que o velho fraquejava
que a fama não lhe cabia
o boato já percorria
em apostas atrevidas!

Como os mates revirados
Amargou-se o aconchego
domingos que eram sossego
naquele foi tumultuado!
De trem, a pé e a cavalo
ferveu gente no povoado;
tora em cepos pra lascada
pai e filho frente às pilhas
e uivados qual matilhas
do povaréu no costado!

No silêncio pra largada
só a cigarra fez cantiga
e pobre duma formiga
se foi no primeiro talho!
As lascas esparramando
como cartas de baralho;
disputada em duas horas
junto ao eco das colinas
com suspiros de meninas
tricotando seus retalhos!

Elas logo se animaram
viam o jovem vencedor
pois tinha bem mais vigor
o outro arrimava lento!
A sina do trono herdeiro
rondava no acampamento;
nos meados da jornada
o velho inté agachado
e um pessoal já retirado
disfarçando o sentimento!

O pica-pau nos coqueiros
talvez tenha percebido
dois machados; dois sonidos
sendo um deles já sem fio!
Enquanto um compassado
o outro perdia o brio;
os compadres e as mocinhas
até o sapo da lagoa
viram que um batia à toa
muitas vezes no vazio!

Para muitos foi surpresa
inclusive ao rapazote
questionando que era trote
“mas como o velho ganhou?”
Humilde, de pai pra filho
como campeão lhe explicou;
amolei o meu machado
enquanto eu descansava
o que em força até faltava
em experiência... sobrou!



Cordiais saudações!
Mário Simon
Visite: http://acampamentodapoesia.blogspot.com/

Solange da Cruz Battirola
http://solbat.blogspot.com/

POETAS DO ACAMPAMENTO DA POESIA DE ENTRE-IJUÍS

PARQUE DAS FONTES - ENTRE-IJUÍS - MISSÕES - RS

Lançamento do Livro Afluências 8 dos Poetas do Acampamento da Poesia por SolBatt