segunda-feira, 2 de novembro de 2009

CRÔNICAS DO ACAMPAMENTO - por Marjorie Bier

Crônicas de Acampamento


Eu fui. Finalmente, eu fui no Acampamento da Poesia. Há alguns anos
sou convidada e, como morava em Porto Alegre, nunca havia conseguido
comparecer. Eu fui. E digo, seguramente, se não foi a melhor
experiência, com certeza foi (eu fui!) uma das melhores vividas na
área literária.

Fui. Eu e mais poetas vindos de todo o Brasil. Conheci gente que eu
admiro. Gente que, da mesma forma, acompanha o meu trabalho nesses
treze anos e eu sequer sabia. Pessoas com o olhar rimado sobre a vida,
a percepção de retina descortinada, a estranheza do que, depois de
estender os braços, se perde em saudade.

Sim, eu fui. Fui bem recebida pelos anfitriões (Jandira e Simon), fui
bem abraçada, bem beijada, bem motivada a continuar. Fiz pouca poesia.
As palavras se escondem entre barracas quando precisam se aventurar.
Mas fiz contos, crônicas e amizades. Troquei o verbo calado pelas
risadas, pelo aprendizado contínuo nos causos de quem teima em
escrever.

Fui convidada a experimentar delícias, a desnudar as mãos, a caminhar
em campos que não existiam além do meu jardim. Eu fui. De pés
descalços e chapéu de palha., eu fui. Pisei na terra, sujei as pernas,
abandonei o wireless, para me encontrar. Exatos três dias conectada
apenas com a verdade de cada um.

Você sabe, eu fui. Fui cansada depois de uma semana repleta de
protocolos e considerações. Fui de carona. Fui aquecida pelo fogo de
chão. Fui para sentir a falta do depois. Eu fui e conto o segredo: no
acampamento, a vida flui.

Marjorie Bier
Redatora Publicitária, cronista cultural do Jornal TRI NOTÍCIAS de
Ijuí, contista da revista TRI CULTURA, blogueira inveterada.
http://marjoriebier.wordpress.com/

POETAS DO ACAMPAMENTO DA POESIA DE ENTRE-IJUÍS

PARQUE DAS FONTES - ENTRE-IJUÍS - MISSÕES - RS

Lançamento do Livro Afluências 8 dos Poetas do Acampamento da Poesia por SolBatt